Pages

quinta-feira, fevereiro 03, 2011

Eu quero você inteiro e a minha metade de volta


  É estranho pensar no começo. Antes era só "ele" e "eu", isso, nem ao menos um "você", já que eu não te conhecia. Em um dia, era apenas um garoto que eu via às vezes, mas não olhava. O garoto que era amigo de quase todas minhas amigas, mas que nunca trocou uma palavra comigo. Noutro dia, mais parecia que éramos melhores amigos de infância do que recém-conhecidos. Confesso que me encantei contigo, como amigo primeiro. Era maravilhoso ter alguém tão parecido comigo. Você gostava de rock, tomar banho quente mesmo quando estava calor, dormir com ventilador mesmo quando estava frio. E gostava de mim. É, me contaram isso. Não apenas uma vez, não só uma pessoa. Mas quase sempre que encontrava algum conhecido em comum, eu ouvia um comentário. Por que todos sabiam? Por que você não havia me falado? Lembro-me do nosso primeiro beijo. Encontrei-o por acaso numa pracinha e aconteceu. Não acredito em destino, mas se isso realmente existe, o nosso está entrelaçado.
  Não acho justo que tenhamos que abrir mão de estarmos juntos agora, seria este um dos momentos em que o tal destino está bagunçado? Se for, tenho certeza que alguma hora tudo estará arrumado. Pelo menos é isso que acredito, o que mais desejo. Quero te ver, meu amor. Quero realizar os planos que fizemos juntos. Quero que você continue me mudando, me fazendo acreditar em coisas que existem mas poucos enxergam. Sim, eu era muito diferente antes de você, poderia dizer que até fui uma pessoa vazia.Confesso que mal consigo me lembrar dessa época, já que agora você ocupa cada espaço dos meus pensamentos.
  Nunca estivemos tão longe, mas às vezes te sinto mais perto de mim que em qualquer momento que já tivemos juntos. É uma coisa que vem de dentro, envolve toda minha mente e esmaga meu coração, até que esse sentimento pavoroso consegue sair e meu corpo denuncia o que se passa lá dentro. As pessoas percebem, elas questionam, algumas duvidam, outras tentam me convencer de coisas que não concordo. Não acredito nelas, pois elas não se sentem como eu. É como se você tivesse feito parte de mim e agora está em falta. Meu corpo, minha consciência, minha alma sentem falta de ti. Eu te amo mesmo, e quero acreditar que serei para sempre sua, e você para sempre meu.

3 comentários:

  1. parabens pelo bloog (:
    mais eu axo que ta meio desorganizado -rs
    passa no meu ;*
    Bjs ,

    ResponderExcluir

Os comentários são moderados para que eu possa ler e responder todos. Escrevam seus pensamentos!