Pages

quinta-feira, abril 21, 2011

Dor


   Há quem diga que mais vale um braço quebrado que um coração partido. Não posso discordar. Um braço quebrado dói, um coração partido dilacera. Um braço quebrado leva um tempo para curar, um coração partido uma vida. Uma visita ao hospital, um molde de gesso, o braço está inteiro novamente. Uma visita à casa do garoto, uma foto, o coração está feito em mil pedaços, e mais, se espeta. Pedaço contra pedaço se comprimem, dá pra sentir, tentam encontrar seu lugar mas não há receitas médicas para ajudar. Não há um remédio além do conhecido tempo, mas este demora tanto para fazer efeito que a dor da cura se confunde com a dor da ferida.
  Não consigo ficar parada, me mecho e a cada movimento dói mais. A essa altura, caquinhos de coração já se espalharam por toda parte e perfuram cada centímetro de minha pele. Durante o dia, meu corpo parece absorver somente coisas que fazem agravar a situação. Flores, perfumes, fotos, cartas, músicas. À noite, os lençóis com os quais me cubro me lembram sua pele. Meu travesseiro nunca pareceu tão duro, perto às lembranças de minha cabeça apoiada em seu ombro.
   Ao crescermos aprendemos a não chorar mais com dores físicas, elas existem, estão lá, sendo sentidas, mas não demonstramos isso. Se ao menos isso acontecesse com minha dor emocional, eu conseguisse uma maneira de parar de chorar, gritar, murmurar, é, eu desejaria crescer rápido.

7 comentários:

  1. difícil eh conseguir parar de mexer na ferida com as memorias :\

    "Sei que tudo vai ficar bem
    Só não sei se vou ficar também" (8)
    Pato Fu

    ResponderExcluir
  2. Difícil é encontrar o "gesso" pro coração, não é mesmo? Ficou ótimo a comparação, parabéns.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. que lindo florzinha
    me segue lá ...
    falar do s2 as vezes é bom mais
    tbm é tão ruim... remoer lembranças ...
    um bjuuu me segue

    ResponderExcluir
  4. Engraçado, hoje eu assisti uma palestra sobre a dor. Se não soubessemos os verdadeiros propositos da dor (seja ela física ou emocional) diríamos todos os dias: bendita a dor que me faz sofrer. como eu ainda n cheguei nesse patamar de conhecimento, continuo achando uma das coisas mais terriveis do mundo.

    a citação era aquela sim.. ^^

    beijo, linda :*

    ResponderExcluir
  5. Olá querida! Adorei seu blog. Acabei de criar um blog novo e gostaria da sua presensa por lá.

    Estou seguindo aqui.

    mil bejinhos

    Meu blog: http://adolescenciafrenetica.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. ai, eu ameis suas postagens, eu te linkei no meu blog, ta la beeijo, se quiser dar uma olhadinha
    http://andressacastiglia.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Perfeita colocação, adorei e concordo com cada palavra aí escrita. Seus textos são uma delícia de se ler, sabia?

    ResponderExcluir

Os comentários são moderados para que eu possa ler e responder todos. Escrevam seus pensamentos!